sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

Além do que os olhos podem ver




As palavras estavam inquietando meu espírito, querendo tomar forma e fazer sentido! Inquietações de uma alma ainda desejosa de se reconhecer, de ser... Buscando sentidos em coisas sem sentido, sem explicação. Querendo simplesmente gritar ao mundo e dizer. Ei estou aqui eu existo! Sou além de ossos e carne, além de palavras e ações. Que momentos ou medos. Tenho sim! Carências e medos! Sou diferente, mas tão igual a você!Estou aqui! Olha pra mim, não ao que eu digo, demonstro ou sinto. Mas olha além, além do que teus olhos podem ver.. Porque mesmo dizendo não... Com as palavras... VIDA, querida! Eu preciso de você!
E será que a vida me entende? Às vezes ela se apresenta tão fria, cruel e demente... Não sei! O tempo sempre mostra o que ela é... AHH vida mesmo sem medo da morte eu te quero! Mesmo com medo dos riscos, eu te espero..me surpreenda vida! Encante-me, me seduza.Me permita me apaixonar mais uma vez...
E eu me pergunto: De onde surge a inspiração? De onde brota uma canção..melodias, harmonia? Amor, decepção...de tudo isso ou muito mais...ou nada disso tanto faz. E eu me permito escrever sem um tanto faz... eu me descubro aonde pensava não existir mais...palavras, palavras, palavras...não são simples caracteres. Isso mesmo não são letrinhas bonitinhas pra cantar pra boi dormir..sou eu! Sou desejo! Sou um grito! Sou mais..do que eu mesma me julgo ser! Mesmo me desconhecendo, quando penso  tão bem me conhecer...mais sou real sou verdade e sim vida preciso de você!
Eu te anseio, eu tenho sede de ti! Mesmo com lagrimas, suor e desafios. Mesmo com todos riscos vida, só me permita poder te querer.... para que meu amanha seja muito mais que...



Descrenças do alvorecer

E de repente a insônia vira poesia
A solidão se junta em palavras
A tristeza supera uma canção
Os pensamentos tentam fugir do vazio
E a dor de ser tão sozinho
Não deixa espaço para compreensão
Compreender o instante, um desejo...
Carências mais fortes o medo
Despertas por uma irresponsabilidade qualquer
Riscos serão necessários?
É desperdício?
Se tudo parece um vício qualquer
Não! Não, é apenas isso!
É verdade!
É compromisso!
É que quer estar mais perto de si
Tão perto que não da pra viver de abismos
Ou por um momento tão ínfimo
E sobre um julgamento qualquer.
E a verdade se despe neste ritmo
De palavras, sussurros, delírios
Não é insanidade, é fé!
Crença que possamos ser límpidos
E que o desejo não contido
Seja mais que se fazer o que se quer!
E a insônia e a solidão não são tristeza
Mais se fortalecem com destreza
Numa saudade
Oh incansáveis pensamentos
Infundados?
Não, Há sentimentos!
Será que estes são comuns a outra mulher?
Será que é o despertar de um desejo.
Que covardia! Todo este medo!
De ser só aquilo que se é...
Sem volúpias, mas com veracidade!
Além da fé!

Livia Leite

2 comentários:

  1. Hello, I invite you to visit my blog…
    http://lartedivivere-ef.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Hello, I invite you to visit my blog…
    http://lartedivivere-ef.blogspot.com/

    ResponderExcluir


Não deixe de comentar e participar dando sugestões, indicando receitas, etc.!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...