sábado, 8 de dezembro de 2012

Falsas Cognatas




As palavras são como folhas ao vento
Quando no outono são lançadas ao chão
Sem rumo,
Trajetória,  
Errantes.
São apenas palavras
Contidas no vazio dos sentimentos
Amar, 
Gostar, 
Querer.
Palavras sem sentido,
Na inexistência de você
Entre a distância e a saudade.
Entre a incerteza e a solidão,
Sem carícia,
Nem carinho,
Sem vontade.
Palavras ao vento,
Nostalgia, 
Dispersão,
Desigualdade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Não deixe de comentar e participar dando sugestões, indicando receitas, etc.!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...