terça-feira, 10 de setembro de 2013

A dama e as sapatilhas


De sapatilhas nas mãos
Ela deixou de dançar
Sem ritmo
Sem música
Sem condução
Sem um par

Tudo sombrio
Alma vazia
Se quer sentia
Que podia sonhar

Só a dama e as sapatilhas
Em uma solidão dividida
Que nas noites frias
Permitia lembrar

Que mesmo sem música,
Sem cavalheiro,
Sem baile.
Batia um coração
Em um ritmo sofrido
Que queria dançar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Não deixe de comentar e participar dando sugestões, indicando receitas, etc.!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...