segunda-feira, 11 de novembro de 2013

A proposta















Eu fiz de tudo, eu juro,
Para abrir meu coração.
Te contei segredos,
Mostrei partes que só guardo pra mim.
Nós meus medos e anseios,
No pouco de esperança que reside aqui.
Talvez guiada pelo desejo infantil de ser amada,
Ou quem sabe ainda haja alguma fé,
Que permitisse eu ir além.
Quebrar as resistências,
Me permitir.
E poderia muito bem ser você,
Aquele homem tipo conto de fadas,
Mas cheio de paixão e desejo,
Semelhante aos romances de banca de jornal.
Beleza incomum,
Daquelas que unem o olhar,
o sorriso e a uns vestígios a mais.
De um homem de verdade,
Daqueles que não escondem que podem sentir.
Ou quem sabe ainda guarde palavras doces,
Dentro de um coração que não escapa,
à pureza de um olhar.
Quisera eu que fosse você,
Para eu recuperar a fé,
E querer amar.
Mas, talvez só tenha sido um sonho,
Metáforas provocadas pelos anseios de amar.
E se assim for eu te proponho,
Não me permita acordar.
Ainda que seja ilusão,
Deixa um gostinho disso em mim,
E não me furtes outra vez,
Sim! Pois, eu não quero essa insensatez,
De viver sem poder amar.

Um comentário:

  1. Gostei de mais de tudo. Separei várias dinâmicas pra fazer com meus amigos: em família, na Igreja, na escola...

    ResponderExcluir


Não deixe de comentar e participar dando sugestões, indicando receitas, etc.!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...