quarta-feira, 10 de junho de 2015

Balas perdidas

Lutar por um mundo melhor ou fazer do mundo uma guerra fria?
Melhor quebrar sua redoma de vidro,
E construir com teus cacos a minha.
Derrubaram os Muros de Berlim,
E deixaram viva a hipocrisia.
Sem preconceitos sou feito,
Maldito você de opinião mesquinha.
Já colhestes os frutos da sociedade,
Espere sentado pois a vez é minha.
Homens e mulheres são todos escravos,
A justiça que era cega agora comanda a rinha.
Brigam os galos e choram as galinhas.
Enquanto colhem as apostas e da tua cara se arrelia.
Depenados e feridos gritam: somos minorias!
Maldita sociedade!
Vamos pra cama mais um dia.
Enfrentando uns aos outros,
Soldados perdidos,
Quem é o alvo?
De quem é a verdade?
Cale a boca!
Quem pensa que sabe,
Vou te ferir sem piedade.
Pois, minha ferida sangra e arde.
E teus valores ironia.
Com as mesmas armas te firo.
Cicatrizes eu pinto.
Não somos todos feridos?
Não! Você é o opressor!
Homos Perdidos,
na opinião fobia!

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Não deixe de comentar e participar dando sugestões, indicando receitas, etc.!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...